Decisão da FIFA vai “travar” mercado de jogadores

A decisão da FIFA de proibir a participação de investidores nos direitos econômicos dos jogadores deve “travar” o mercado de jogadores no curto prazo,
até que as regras para o período de transição sejam definidas. Sem fazer juízo de valor sobre a decisão em si, o fato é que a perspectiva de mudança nas regras, por si só, servirá para que os potenciais efeitos sejam antecipados pelos agentes, antes que decisões potencialmente desfavoráveis entrem em vigor. É preciso deixar claro que são os investidores os principais financiadores das compras de direitos econômicos pelos clubes Brasileiros, já que esses estão praticamente sem capacidade de investimento, em função de sua delicada situação financeira. Dito isso, alguns cenários já podem ser antecipados.

Outros relatórios, em breve, na Pluri:

• Os clubes com melhor saúde financeira do País;
• A distribuição dos recursos do Futebol Brasileiro;
• O Futebol e a “estigmatização” do investimento.
Saiba via twitter quais serão nossos próximos relatórios: @pluriconsult
Acompanhe a Pluri via Facebook: www.facebook.com/pluriconsultoria

Faça o download deste relatório clicando aqui.

Assine a nossa newsletter